Hospital de Três Barras suspende cirurgias eletivas

A Fundação Hospitalar de Três Barras comunicou na tarde de hoje, 25, que irá suspender as cirurgias eletivas devido à dificuldade no recebimento de produtos e materiais hospitalares, causada pela greve dos caminhoneiros que ocorre no Brasil desde segunda-feira, 21.

“Pelo estoque insuficiente de produtos indispensáveis para realização de procedimentos cirúrgicos, somente serão realizadas as cirurgias tidas como de emergência e urgência. Nessa forma, as cirurgias eletivas, mesmo as que já estavam previstas, estão momentaneamente canceladas.”

A nota também comunica a restrição dos internamentos a pacientes em estado de urgência, devido à falta de alimentos.

“Pelo mesmo motivo, aliado ao fato da escassez de alimentos pela falta de distribuição geral, os internamentos serão restrito aos de urgência, àqueles pacientes com quadro de saúde mais grave, mediante avaliação médica.”

Em razão do sistema de sobreaviso dos operadores do RX, que resulta na necessidade de combustível para deslocamento, e escassez de alguns produtos necessários, os exames radiológicos serão realizados somente no período diurno.  Os exames solicitados no período noturno, que seguem a sistemática acima citada, somente serão realizados em estrema necessidade.

A fundação pediu a compreensão dos usuários dos serviços dos hospitais.

“Até a regularização da situação vivenciada, pedimos a compreensão dos profissionais envolvidos nos atendimentos e, especialmente, da população.”