Projeto PACA 2018 aborda a importância em preservar a Água

 (Foto: “Edição do PACA de 2017”)

            Desenvolvido há 23 anos, o Programa Aprendendo com a Árvore (PACA) aborda o tema “Água” na edição de 2018. O projeto é uma iniciativa socioambiental da WestRock, que busca capacitar professores sobre temas relevantes ao meio ambiente. Neste ano, aproximadamente 180 professores da rede pública de ensino de 14 municípios do Sul do Paraná e do Norte de Santa Catarina participarão do programa.

Em entrevista à Transamerica, a gerente de Comunicação Corporativa, Cynthia Wolgien relatou que o projeto tem o objetivo de expandir o alcance sobre o conhecimento e a consciência ambiental, por meio da replicação do conteúdo repassado aos professores para os alunos e toda a comunidade escolar. Por meio da capacitação dos professores, a empresa estima atingir 12 mil alunos. “A gente gosta de pensar nele como um projeto que transforma novas gerações, para que as crianças tenham consciência ambiental”, relatou Cynthia.

A escolha do tema “água” está em consonância com a agenda global da Organizações das Nações Unidas (ONU). Segundo a gerente de comunicação, a preservação da água também faz parte dos valores socioambientais da empresa. “A gente tem um compromisso enorme com a preservação da água. Nas nossas florestas, nós temos a preservação de mais de 3 mil nascentes de água”, afirmou.

Na capacitação que ocorre durante quarta, quinta e sexta-feira desta semana, os professores também terão acesso à kits pedagógicos para a implementação dos conhecimentos repassados. Os kits são distribuídos desde a edição de 2016, para facilitar a inserção dos conteúdos no ambiente escolar.

Após o curso, Cynthia relata que os profissionais da WestRock acompanham os resultados por meio de relatórios, fotos e vídeos enviados pelos professores. “É muito gratificante e recompensador podermos viabilizar iniciativas como essa, que por meio da multiplicação de conhecimento em rede impactam milhares de pessoas e transformam nosso mundo em um lugar melhor”, afirmou.